Sistema e browser desconhecidos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Agenda: Encontro Literário      |      

As muitas formas de não dizer a verdade-final
 

 

Terminamos hoje a nossa série de verbetes destinados a auxiliar na redação de cartas aos jornais corrigindo erros de informação. Os verbetes ajudam a apontar erros derivados das diferentes formas de manipulação da informação. Os verbetes descrevem essas formas.

 

Omissão. 

 

Quando a mídia deixa de publicar informações importantes. Alguns entendidos consideram a omissão a pior forma de mentira, porque o cidadão nem, fica sabendo que lhe foi sonegada uma informação de relevo. É difícil dar exemplos da mentira por omissão da verdade, porque por definição, a omissão não deixa registro. Um exemplo imperfeito, mas famoso, foi o da omissão, pela Globo, dos comícios das Diretas Já. Outro, também imperfeito, foi a omissão, pela Radiobrás, da manifestação dos servidores contra reforma da previdência – pela qual a Radiobrás depois se desculpou. 

 

Sensacionalismo.

 

Dar mais importância a fatos exóticos do que aos  de interesse público, ou atribuir ao fato detalhes exagerados para lhes dar um toque de morbidez, ou ainda quando o próprio jornalista se torna protagonista do fato, para criar sensação. Acontece demais no jornalismo, não só no Brasil.

 

Simulacro.

 

A matéria jornalística é sempre uma reconstrução da realidade. Na televisão e com menos intensidade, nos outros meios de comunicação, essa reconstrução pode se afastar tanto da realidade objetiva, que o relato se torna um simulacro. Ele substitui a realidade dos fatos por uma realidade construída que no limite nega os fatos.

 

Truncamento.

 

Um dos mecanismos de produção do simulacro, muito usado em televisão. Consiste em retirar e dar destaque a apenas alguns aspectos do fato, ignorando todos os demais, com o objetivo de transmitir uma percepção específica do fato, do personagem ou do processo. Quando, por exemplo, se mostra um grevista atirando uma pedra contra um policial, sem mostrar que se tratou de uma reação instintiva à uma agressão iniciada pelo policial.

 

 
     
Index Enviar noticia por email clique aqui para imprimir a noticia
Comentários: 0

Comentários: