Sistema e browser desconhecidos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Agenda: Lançamento do livro: Pretérito Imperfeito      |      Participação na Feira do Livro de Porto Alegre - Mesa: Literatura: efeitos de transmissão      |      

Roteiro da Aula 6: A experiência britânica
 

 

1-Alguns elementos da formação da sociedade britânica.

 

As quatro classes sociais: nobreza, burguesia, funcionários e povo.

A public school e as elites intelectuais  ,

A tradição cientifica; Newton, Darwin

A tradição politica; John Locke, Stuart Mill, Adam Smith, Ricardo, John Maynard Keynes, Engels, Owen.

 

2-Elementos da história contemporânea  

 

A vitória do Labour em 1946 e a instituição do Welfare State

Thatcherismo

Papel auxiliar da Grã Bretanha no império americano 

 

3- Panorama da mídia 

 

O papel central do rádio.

O padrão BBC.

As transmissões em língua estrangeira: Bush House

Os jornais de excelência jornalística: Financial Times, The Times, Guardian, Independent, Daily Telegraph.

Os Sunday Papers.

O crescimento da mídia regional e étnica (1300 jornais)

A política refém dos grandes jornais ( o escândalo News of the World)

 

 

4-  O ethos e a cultura do jornalismo britânico

Jornalismo como arte  e visão de mundo;

Jornalistas como elite intelectual

 

 

5- O sistema político

Parlamentarismo puro com voto distrital

Polarização e concentração de partidária: apenas dois grandes partidos:

Partidos de classe: Labour Party e Conservative. Party

Liberals como eterna promessa

 

O papel da Rainha.

A House of Lords 

 

6-Os fundamentos da comunicação de governo na Grã Bretanha EUA

 

O principio que rege a comunicação de governo: 

1-apresentar da melhor forma possível os argumentos  do governo, sem atacar os opositores do governo sem falseara verdade dos fatos;. 

2-Ser bem entendido pela opinião pública;

3-Não deixar que suas posições sejam deformadas pela mídia 

 

Um código de conduta  adapta e detalha as normas do Civil Service Code para os requisitos específicos da comunicação de governo, programas de parceria e patrocínio, e uso de fundos públicos em publicações e informes impressos e em campanhas de publicidade. 

 

7-O sistema de comunicação de governo

 

Um órgão central chamado   Government Information &Communications Service (GICS), ligado ao gabinete do Primeiro Ministro.

 

Um órgão chamado Corporate Communications Division  responsável por todos as formas de comunicação direta entre o Primeiro Ministro e o publico, inclusive a correspondência do PM.

 

Um órgão mais antigo, o Central Office of Information, fundado em 1946, mais voltado à publicidade paga e informação impressa.

 

Órgãos subordinados ao GICS: Media Monitoring Unit (MMU que monitora a mídia nacional e mundial,  Government News Network, que produz material jornalística e press releasese.

 

No total, 1100 pessoas trabalham diretamente no sistema de comunicação do governo, com uma renovação de cerca de 200 por ano. São quadros de carreira. Gastam-se em media seis semanas para treinar pessoal novo. 

 

 

7-O lugar estratégico da comunicação no governo britânico

    

Processo decisório do  Primeiro Ministro e seu gabinete fortemente condicionados pelo comportamento da mídia . 

Sistema político “media oriented.”

 

Todo projeto, programa ou evento dos diferentes departamentos do governo é programado tendo em conta a componente comunicação

A base desse processo é o Media Monitoring Unit (MMU), a unidade de monitoramento da mídia que produz informes sintéticos de tudo o que de mais importante é dito pela mídia sobre o governo. 

As  sinopses da MMU são consideradas “informações privilegiadas” porque “são parte do planejamento estratégico do governo”. Mas não são classificadas como documentos sigilosos.

 

 8-A importante reunião das 8h30

 

 A sinopse principal fica pronto ás 6h00, sendo enviado de imediato via e-mail ou fax aos ministros. Às  8h30 , reúne-se o Primeiro Ministro com a cúpula do gabinete e repassa os pontos principais dessa sinopse. Da reunião dos 8h30 sai uma lista  de emas e providências que precisam ser tomadas, chamada “shopping list”

 

 

9- Os ritos; o encontro diário com a elite do jornalismo

Ás 11h00, todos os dias, o Primeiro Ministro em pessoa fala aos jornalistas credenciados no parlamento. A coletiva é transcrita, e o texto enviado, meia hora depois, a todos os ministros, como objetivo de uniformizar o discurso do governo sobre os temas mais importantes e/ou polêmicos do dia.. Um sumário da coletiva é também colocado na internet.

 

Uma segunda coletiva á imprensa é concedida pelo Primeiro Ministro ás 16h00, quase todos os dias, para a qual o MMU produz outra sinopse.

    . 

10- Outros serviços do GICS.

 

Além das sinopses do MMU, o GICS fornece  os seguinte serviços

 

Agenda Coordenada de Eventos: Unidade que funciona no gabinete do Primeiro Ministro.   Todo evento, seja de qual departamento for, precisa ser encaixado na agenda coordenada de eventos,

 

The news-coordination Center- Principal serviço é de coordenação da comunicação ativado apenas para atender situações críticas específicas, tais como um desastre ambiental ou uma greve nacional. Tem como objetivos fazer com que todos os agentes do governo falem a mesma língua e inspirem confiança no público.   

O GICS tem capacidade de montar duas unidades de emergências simultâneas, cada uma com até 44 pessoas. As unidades funcionam 24 horas e são formadas por pessoas requisitadas dos principais  departamentos que tem alguma relação como a emergência em questão.

Maneja o website usao nas emergêncis.

Em tempos normais ajuda na elaboração de estratégias de longo prazo de comunicação, montagem de call centers do governo, contratação de pesquisas de opinião e produção de folhetos e textos informativos;

 

 

 

Alertas; serviço de advertência quando estoura uma noticia importante, que exige um posicionamento ou decisão ministerial. Em média produzem 1 por dia.

 

Messages services; serviço novo de envio de mensagens ou avisos de alerta para o telefone celular do ministro ou do chefe de departamento

 

Government News Network: É um serviço  de assessoria de imprensa com 11 escritórios em todo o país. Atende principalmente a  mídia regional.Produz cerca de 7000 press releases por ano. Seus jornalistas são especialmente preparados para escrever segundo enfoques regionais.

 

News Distribution Network: É parte do GNN, dotado de um software capaz de direcionar de modo estratégico os press - releases de modo  que chegue aos editores e jornais pré-determinados.

 

11-A rotina do  Media Monitoring Unit

 

   A primeira sinopse da mídia impressa começa a ser produzida aa 22h00 do dia anterior, organizada por tópicos. Seu foco é a política. Fica pronta às 6h00 e já é enviada pos Fax ou e mail aos ministros que a queiram receber.

   Às seis começam a chegar os outros monitores: dois para rádio, 1 para TV.Ás 7h3o fica pronta uma sinopse de rádio e TV, também organizada por tópicos.

 Um editor junta os tópicos de rádio e TV com os da sinopse da mídia impressa resultando na sinopse básica que vai orientar o Primeiro Ministro e o gabinete em sua reunião das 8h30.

  A MMU também pode produzir extratos de entrevistas, alertas  e sinopses especiais e temáticas, por encomenda. 

 

12- O atendimento à media regional

 

O GNN produz informação e press - releases do governo  em especial para a mídia regional, e ajuda as assessorias dos diferentes departamento a fazerem o mesmo. Possui 11 escritórios em todo o país.

 

13-Outros serviços do GNN

 

O GNN também presta os seguintes serviços:

-Organização da comunicação durante  visitas da família Real;

-planejamento e apoio de eventos do governo

-treinamento e avaliação, incluindo um MBA em comunicação pública em conjunto com a Universidade de Leeds;

- Administração de crises;

-Planejamento de emergência

-briefings para ministros sobre temas específicos

-apoio a ministros em viagem 

-pronto socorro de assessoria e envio de documentos fora de hora (doc 12)

 

NOTA FINAL IMPORTANTE:    A adesão dos diferentes ministérios ou departamentos aos serviços do GNN e GICS é voluntária e paga. O pagamento varia conforme a capacidade financeira do departamento ou ministério, de 5.000 a 45.000 Libras Esterlinas  por ano ( entre US$ 7.500 e US$ 70.000,00 por ano)

 

14_ A publicidade paga e o marketing direto

  O COI opera com as principais unidades do governo que necessitam informar o publico através da publicidade paga, tais como Agências de controle de alimentos, movimentando cerca e 300 milhões e Libras por ano. Para suas campanhas, contrata especialistas de todas as áreas de marketing.  Em média trabalham nisso 400 pessoas a qualquer tempo.

  O governo tem usado cada vez mais a técnica de marketing direto em suas campanhas de esclarecimento, para atingir públicos específicos especialmente nas áreas de saúde, emprego e ajuda a pequenas empresas.;

  As principais normas para publicidade de governo :

- Deve ser relevante ás responsabilidades de governo

- Deve ser objetiva e explicativa, ;não pode ser tendenciosa ou polêmicas

- Não deve ser passível de má interpretação ou de ser político -partidária

- Deve ser conduzia de forma econômica, com custos compatíveis com sua utilidade.

 

15- As publicações do CIO

Há uma tradição de registrar por escrito  de forma  clara todas as políticas públicas, na forma de “White `Paper” ( propostas novas levadas ao Parlamento para discussão) e “Green Paper” ( políticas em curso). As publicações são de altíssimo nível gráfico e dotadas de textos claros e precisos.Há também os “Command Papers,” versão simplificada dos White papers para responder dúvidas mais importantes.

O COI possui lojinhas em todo o país que vendemo   essas publicações e mais uma grande variedade de guias, mapas e documentos oficiais.

 

16_-Formação de comunicadores públicos

 

Em cooperação com a Universidade de Leeds, O COI oferece um curso de graduação e outro de pós-graduação (MA)  em Public Communication. O aluno cursa primeiramente dois múdulos obrigatórios  mais quatro opcionais ( de um conjunto de oito), e precisa apresentar um trabalho escrito, antes de ser admitido no MA.


 
     
Index Enviar noticia por email clique aqui para imprimir a noticia
Comentários: 0

Comentários: